Meio Ligado em Artesanato

13 janeiro, 2015

Este ano terá um segundo extra – e isso pode quebrar a internet


Todos amamos a internet e queremos que ela continue funcionando direito – isso pode significar ter de resistir ao ataque de tubarões ou então a bizarrices como os mais de dois bilhões de views de Gangnam Style. 
Mas 2015 chegou com uma nova ameaça a serviços e sites que adoramos como o Mozilla, Reddit, LinkedIn e Foursquare: todos eles relataram falhas em 2012, quando cientistas determinaram a adição de um segundo extra ao horário mundial. 
O ajuste deste ano foi agendado para as 23:59:59 do dia 30 de junho, e serve para atualizar os absurdamente precisos relógios atômicos com o movimento de rotação da Terra, que desacelera dois milésimos de segundo por dia.

Mas por que raios um mero segundo a mais pode desestabilizar gigantes da internet? O motivo é que o sistema que coordena os relógios dos computadores, chamado de Network Time Protocol, é baseado na medida de tempo atômica. E quando este protocolo nota a repetição de um mesmo segundo, interpreta que algo deu errado, dando origem a uma série de problemas técnicos em serviços bancários e de comunicação. Algumas empresas como o Google já pensaram em formas de remediar esta dor de cabeça: o gigante de Mountain View elaborou uma técnica que “dilui” o acréscimo em vários milissegundos antes da data oficial.

O chamado “segundo bissexto” não é particularmente uma novidade: 26 deles foram adicionados ao Tempo Universal Coordenado (UTC na sigla em inglês, o fuso horário referencial para todas as zonas horárias) desde 1972, sendo que o último foi incluído em 2012. A decisão parte dos cientistas do International Earth Rotation and Reference Systems Service, instituição sediada em Paris que monitora a pontualidade do nosso planeta. A maior preocupação dos especialistas é que estes segundinhos a mais acabem arruinando de vez o UTC, que não suportaria, por exemplo, um minuto ou uma hora adicionais.

Mas o mais importante é: já pensou no que vai fazer com seu segundo extra em 2015?

Via ScienceAlert
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...