Meio Ligado em Artesanato

29 abril, 2015

Professores do Departamento de Comunicação da UFPE se posicionam contra o livro sobre Heterofobia

Professores do Departamento de Comunicação da UFPE, soltaram nota sobre o livro “Heterofobia: Um risco para o Estado de Direito”.

Segue abaixo a nota:
Nós, professores do Departamento de Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) abaixo assinados, repudiamos com muita veemência a publicação e publicização de um ‘livro’ que traz, sem qualquer embasamento da ciência, lógica ou bom senso, a ‘tese’ de que a homossexualidade é uma patologia – contrariando orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), entre outros organismos internacionais. Ainda, sugere a existência de um suposto comportamento criminoso que o ‘autor’ intitula de “heterofobia” (sic).
Não bastasse o absurdo da proposição, a referida publicação teve lançamento esta semana nas dependências de uma instituição pública, a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), órgão de ensino e pesquisa que, por razões óbvias, certamente não deve apoiar e/ou incentivar comportamento discriminatório e anti-científico de seu corpo docente.

A referida obra surge num momento em que a violência contra a população LGBT está numa crescente. Segundo o Relatório Anual de Assassinatos de Homossexuais no Brasil, elaborado pelo Grupo Gay da Bahia, a quantidade de casos dobrou na última década. Em 2014, foram assassinados 319 gays, travestis e lésbicas no Brasil e nove cometeram suicídio. Os números equivalem a um caso a cada 27 horas, de acordo com o levantamento. Em 2004 foram registrados 149 assassinatos.
Assim, reiteramos nosso total repúdio a ações dessa natureza, e ressaltamos que universidades públicas têm papel fundamental na formação de profissionais e pesquisadores que atuem em consonância com princípios éticos e de respeito às diferenças.
Adriana Santana, Ana Veloso, André Vouga, Angela Prysthon, Bruno Nogueira, Carolina Dantas, Cristina Teixeira, Eduardo Duarte, Fernanda Capibaribe, Isaltina Mello Gomes, Rodrigo Carreiro, Soraya Barreto, Thiago Soares, Yvana Fechine

Fonte: monstruosas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...