Meio Ligado em Artesanato

31 março, 2015

Comidas que ajudam a emagrecer

Esses alimentos sozinhos não emagrecem, mas aliados a uma alimentação saudável e prática de exercícios, com certeza, ajudam a turbinar seu emagrecimento:

Chá Verde
Alguns estudos preliminares apontam que umas das catequinas mais presentes no chá verde, a epigalocatequina galato (EGCG), estimula diversas enzimas que controlam o metabolismo das gorduras, inclusive incentivando a quebra delas. Isso faz com que elas sejam mais bem usadas pelo nosso organismo, não ficando apenas paradas no tecido adiposo. 
Além de promover o emagrecimento, as pessoas que tomam o chá verde obtém uma melhor composição adiposa no organismo, o que reduz as chances de diversas doenças aparecem, como diabetes e hipertensão. 
Porém, são necessários mais estudos que comprovem mesmo essa ação.

Linhaça
Rica em fibras, proteínas e ômega 3, ajudam a acelerar o metabolismo e a absorver as gorduras do organismo. Ajuda no funcionamento do intestino e evita a retenção de líquidos. Deve ser moída para surtir efeitos e pode ser consumida em vitaminas, na salada etc...

Banana
Rica em triptofano, um aminoácido que ajuda a combater a ansiedade e a compulsão por comidas, a banana também tem vitamina B6, que ajuda na absorção da gordura e  Vitamina A, Vitamina C, vitamina B, Ferro, Magnésio, Potássio, Manganês, Zinco e Fluoreto. 

Possui também fibras solúveis que facilita o processo digestivo.
Consequentemente por ser rica em fibras, mantém a pessoa saciada, o que auxilia em dietas. 
Estas fibras dietéticas ajudam na evacuação eficiente e por isso, problemas intestinais e constipação podem ser facilmente evitadas com o consumo da banana. 

Abacaxi
O abacaxi tem grande quantidade de vitamina C, além de B1, B2, B3, B6, B9 e E. Também contém minerais como o potássio, magnésio, iodo, cobre e manganês.

Outros componentes são os ácidos cítrico, málico, oxálico e uma enzima conhecida como bromelina.

É rico em fibras e não apresenta gorduras e nem proteínas, o que o torna benéfico para dietas. Oferece apenas 50 calorias para cada 10 gramas, ainda que em calda essa quantidade possa aumentar ligeiramente.
Assim como a banana, suas fibras solúveis auxiliam na digestão.

Aveia
Rica em fibras, a aveia é um item obrigatório de quem pretende conservar os níveis de açúcar no sangue sob controle. Isso mesmo, o cereal ajuda a evitar a sobrecarga de glicose e de insulina, o hormônio que leva os compostos açucarados para dentro das células. As fibras permitem que a glicose seja absorvida de maneira lenta e gradual, o que, por sua vez, regulariza a liberação de insulina.
Não é a toa que o cereal já é um forte aliado para quem sofre de Diabetes tipo 2, uma vez que suas fibras diminuem os picos de glicemia. Como ela prolonga o efeito de saciedade, o organismo entende que não mais precisa liberar glicose, o que ocorreria caso a pessoa ainda não se sentisse plenamente saciada, ou seja, com fome.
O excesso de insulina também favorece o depósito de gordura corporal. Uma porção de mamão ou banana salpicada de aveia pela manhã vai impedir que a fome chegue rápido e, o principal, que o indivíduo se exceda no almoço.

Atenção: O ideal é se consultar com uma nutricionista que vai elaborar um cardápio personalizado ao seu estilo de vida.

Fonte: oceventos

30 março, 2015

Idéias criativas e funcionais - piano


Fraldinha recheada

Ingredientes:
1 peça de fraldinha
Recheio
½ xíc de Bacon em cubos
1 xíc de Rúcula
1 xíc de Mussarela ralada
½ xíc de Pimenta biquinho
1 xíc de Castanha de caju
1 xíc de Crouton
Sal grosso a gosto
Acompanhamento
1 xíc de Abobora em cubos
1 xíc de abobrinha em cubos
1 xíc de Chuchu em cubos
1 xíc de Mandioquinha em cubos
1 espiga de milho
1 xic Cebola roxa em cubos
½ xic de beterraba em cubos
Folhas de manjericão
Sal a gosto

Modo de preparo:
Refogar o bacon e reservar.
Abrir a fraldinha ao meio sem separar as duas metades.
Colocar as folhas de rúcula sobre ela.
Misturar o bacon, a mussarela, o crouton, a castanha de caju e a pimenta biquinho, num pote.
Colocar sobre a rúcula, enrolar e amarrar. Colocar o sal grosso e assar em forno alto.
Acompanhamento
Cozinhar as espigas de milho e cortar em anéis.
Cozinhar rapidamente a abobora, a abobrinha, a cebola, o chuchu, a mandioquinha e a beterraba em água e sal separadamente. Deixar todos bem firmes.
Numa frigideira, colocar um pouco de azeite, acrescentar os legumes sem a beterraba e acertar o sal.
Adicionar a beterraba apenas antes de servir para não ficar tudo cor de rosa.
Rende: 8 porções

29 março, 2015

Idéias criativas e funcionais - berço


Bolo de coco no microondas


Ingredientes
200gr de coco ralado
1 lata de leite condensado
5 ovos
1 c. sobremesa de fermento em pó

Modo de Preparo
Bater as claras em neve e reservar.
Misturar todos os ingredientes restantes e envolver as claras.
Colocar a mistura numa forma de silicone e levar ao microondas cerca de 7 minutos. Desenformar e servir morno ou frio.
Fácil, rápido e delicioso!

Fonte: omeumundorobot

21 março, 2015

Pessoas que usam óculos são realmente mais inteligentes


É o que afirma um estudo, realizado por pesquisadores do Centro Médico da Universidade da Alemanha, que mostrou que as pessoas míopes passam mais tempo na escola e são mais propensas a cursarem o ensino superior.

De acordo com a pesquisa, publicada na revista Ophthalmology, cientistas examinaram mais de 4.600 alemães, com idades entre 35 e 74 anos, que têm miopia.

Segundo pesquisadores do Centro Médico da Universidade da Alemanha, pessoas que usam óculos são realmente mais inteligentes que as que não usam.

Um total de 53% dos graduados universitários apresentava miopia, contra apenas 24% das pessoas míopes que tinham abandonado a escola secundária.

Estudos anteriores também mostraram que as pessoas que usam óculos tem fama de mais inteligentes em relação às pessoas de uma maneira geral. Portanto, estão mais propensas a encontrar trabalho.

Fonte: gadoo

19 março, 2015

Conheça a maior coleção de Barbies do mundo, avaliada em quase 1 milhão de reais

Quem tem crianças em casa, sabe muito bem que elas amam colecionar brinquedos. Mas saiba, que não são somente com as crianças que eles fazem sucesso não.

Bettina Dorfmann tem em sua casa uma coleção que faria sucesso com muitas meninas por aí. Ela coleciona as bonecas Barbie, tendo mais de 15.000 bonecas em sua coleção.

Bettina ganhou sua primeira boneca em 1966, quando tinha somente cinco anos de idade, mas a sua ideia de colecionar só foi fortalecida em 1993.

A colecionadora alcançou o recorde mundial em 2011 pela maior coleção de Barbie, que contava ainda com o primeiro lançamento da boneca.


As bonecas são encontradas por toda a casa e Bettina ainda é responsável por um hospital de bonecas, para onde as Barbies estragadas são levadas ao invés de serem jogadas no lixo.

Avalia-se a coleção de Bettina em cerca de 950 mil reais.

Fonte: gadoo

18 março, 2015

Idéias criativas e funcionais - raquete


Porque sentimos fome

Antes da barriga roncar, uma série de hormônios começa a se movimentar no organismo. Entenda o fenômeno que garante sobrevivência e, se for o caso, prepare-se para o lanche.



1) O agente da fome
Um hormônio chamado grelina é produzido no estômago no momento em que esse órgão se encontra vazio. Na circulação, ele manda um sinal para o hipotálamo, estrutura do cérebro responsável pelo controle do apetite, que dá um aviso ao corpo: é hora de comer! Quando nos alimentamos, os níveis de grelina caem.

2) Olfato turbinado
A grelina pode tornar animais e seres humanos mais sensíveis a cheiros. Isso porque a substância estimula o bulbo olfativo, região do cérebro que decodifica os odores. É um belo incentivo para captar o aroma dos alimentos.

3) Meu bem você me dá…
…isso mesmo: água na boca. Bastam um pouco de apetite e um prato bonito para começarmos a salivar. Eis o motivo: a visão e o cheiro da comida instigam algumas áreas do cérebro, que, por sua vez, aciona as glândulas produtoras de saliva na boca. O líquido é liberado, então, para preparar o terreno para receber o alimento.

4) Por que o estômago ronca?
O jejum prolongado costuma ser acompanhado por aquele barulho que soa na barriga. Ele dá as caras quando os músculos do estômago vazio começam a se remexer. Esses movimentos empurram o ar que estava ali dentro para a válvula pilórica, estrutura que divide o estômago e o intestino delgado, causando os típicos roncos de fome.

5) O hormônio da saciedade
Quando comemos, as células de gordura que compõem o tecido adiposo liberam uma substância conhecida como leptina. Quando ela está em alta, o indivíduo se sente satisfeito. Mas, quando cai, surge aquela vontade de fazer um lanche. Por regular a fome, a leptina também influencia a perda ou o ganho de peso.

6) Queremos energia!
Passado um tempo depois da refeição, as taxas de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas que bota a glicose para dentro das células, ficam baixas — sinal de que o corpo aproveitou toda aquela carga de energia. Quando o hipotálamo nota a falta de insulina no sangue, emite um alerta sobre a necessidade de comer.

• A dieta mais simples do mundo: dois copos d’água antes das refeições.
Fonte: oceventos

17 março, 2015

Notícias antigas, mas interessantes - Como Eike Batista ficou pobre

Pobre sou eu, mas quem perdeu R$ 46 bilhões de um ano pra cá foi ele. E agora Eike não tem mais como se manter. Pelo menos não na lista dos 100 mais ricos do mundo. A fortuna dele está em R$ 22 bilhões (US$ 10,7 bi), segundo a Bloomberg. É só um terço do que tinha em março de 2012.

Agora Eike precisa multiplicar o dinheiro dele por sete para conseguir o que queria, que era tirar Carlos Slim da liderança do ranking dos mais ricos da Terra. Há um ano, o placar estava em US$ 74 bilhões para Slim contra US$ 34 bilhões para o brasileiro. Agora são US$ 68 bi X US$ 10,7 bi. Não tá fácil pra ninguém…

Eike foi campeão mundial de offshore em 1990. E entende o ranking mundial de bilionários como se fosse o ranking mundial de pilotos de lancha: “Quando você é um piloto, quando você compete, isso nunca sai do seu sangue”, ele disse numa conferência em Los Angeles, há dois anos. “Então.. Eu tenho que competir com o Sr. Slim”. A plateia deu risada. Achou que fosse piada. Não era: “Não sei se vou passar ele pela direita ou pela esquerda. Mas eu vou passar”.

Não rolou. Eike acabou sendo ultrapassado por um pelotão. Até outros brasileiros deixaram nosso piloto de lancha para trás. Pela direita, passou o banqueiro Joseph Safra (US$ 12 bilhões), piloto veterano nas listas de mais ricos do mundo. Pela esquerda, veio a empreiteira Dirce Camargo (US$ 13,8 bilhões), da Camargo Corrêa, outra escuderia tradicional do automobilismo financeiro. E quem passou voando mesmo por Eike foi o cervejeiro, hamburgueiro e agora vendedor de catchup Jorge Paulo Lemann. Com US$ 19,8 bilhões, o criador da Ambev, dono do Burger King e sócio de Warren Buffett na Heinz é quem ostenta o troféu de mais rico do país.

O que aconteceu com Eike, então? Pista escorregadia? Pneu estourado? Problema hidráulico? Bom, se juntar bilhões é um esporte – e é mesmo – um jeito de achar a resposta é analisar como foi a carreira dele desde as “categorias de base” dessa modalidade.
Eike ficou rico quando tinha praticamente a idade do Thor Batista. Aos 23 anos, abandonou a faculdade de engenharia na Alemanha para tentar ganhar dinheiro com o ouro da Amazônia. Era o auge do garimpo lá, no começo dos anos 80. Teve até filme dos Trapalhões sobre o fenômeno.

Eike, então, fez como Didi, Dedé, Mussum e Zacarias: foi tentar a sorte no garimpo. Pediu US$ 500 mil emprestados a dois amigos joalheiros para se estabelecer como comerciante de ouro no meio do mato. Comprava ouro na Amazônia e revendia no Sudeste. Em pouco tempo, os US$ 500 mil viraram US$ 6 milhões. É mais dinheiro do que parece. US$ 6 milhões do começo dos anos 80 equivalem a US$ 15 milhões de hoje. Trinta milhões de reais. Não tinha nem 25 anos e já estava com quase tanto dinheiro quanto o Renato Aragão.

Em vez de torrar esses milhões vivendo a melhor juventude que o dinheiro pudesse comprar, Eike fez o que parecia menos sensato: gastou tudo em máquinas que faziam extração mecânica de ouro. E os US$ 6 milhões viraram US$ 1 milhão. Por mês. Três milhões de reais em dinheiro de hoje. Por mês (repito aqui pra dar um tom dramático – merece).

Ele não parou nisso. Claro. Comprou mais minas, mais máquinas, ficou sócio de empresas peso-pesado da mineração e, com 40 e poucos anos, chegou ao primeiro bilhão de dólares. Entrou para a Fórmula 1 do dinheiro.

E fez uma primeira temporada de Vettel. No começo dos anos 2000 resolveu trocar o ouro por minério de ferro. Perfeito: se ouro vale “mais do que dinheiro”, minério de ferro vale mais do que ouro. Por causa volume, lógico: todo o ouro minerado na história da humanidade dá mais ou menos 140 mil toneladas.  Isso é o que a Vale extrai de minério de ferro em seis horas.

Em 2005, então, ele fundou sua mineradora, a MMX. Um ano e meio depois, vendeu uma fatia dela para outra mineradora, a Anglo-American. Pagaram US$ 5,5 bilhões. A lista da Forbes com os mais ricos do mundo em 2007 já tinha saído, três meses antes da negociação. E o brasileiro mais bem colocado ali era Joseph Safra, com US$ 6 bilhões. Ou seja: o negócio com a Anglo-American foi mais do que suficiente para que Eike fosse dormir sabendo ser o homem mais rico do Brasil.

E se Eike não tinha parado quando ganhou uma megasena no braço, nos tempos da Amazônia, não era desta vez que iria amarrar o burro na sombra. O mercado passou a enxergar o cara como uma mina de ouro. Ele deixava de ser só um nome na coleira da Luma de Oliveira para virar a grande esperança dos investidores. E Eike aproveitou a maré. Foi financiar sua ideia mais ambiciosa: a de construir uma concorrente da Petrobras.
Era a OGX, seu projeto de companhia de petróleo. Em 2008 Eike lançou ações dela na bolsa. Na prática, estava vendendo 40% da OGX antes de ela virar realidade. Levantou R$ 6 bilhões nessa  - era o maior IPO (venda inicial de ações) da história da Bovespa até então.
Agora ele era o herói.

Àquela altura Eike já tinha uma Vale e uma Petrobras para chamar de suas. Ainda que a MMX fosse bem menor que a Vale e a OGX ainda não tivesse saído do PowerPoint, já era algo que ninguém na história do país tinha conseguido. Mas isso era só um pedaço do que ele tinha em mente. Eike queria algo bem maior: montar um ecossitema de empresas, em que uma sustentasse a outra.

Assim: uma mineradora sempre precisa pagar para que algum porto escoe a produção dela – de preferência para a China, o maior consumidor de minério do mundo. Então porque não ser dono da mineradora e do porto também? Então criou a LLX, uma empresa de logística dedicada à construção de portos. Mais: mineradoras e portos precisam de energia. E pagam caro por isso. Então valia a pena ser dono da companhia de energia também. Eike já tinha uma empresa de termelétricas desde 2001, a MPX. Agora, então, a MPX faria as usinas que alimentariam as minas da MMX, os portos da LLX e as instalações da OGX. A própria MPX seria também alimentada por outra empresa de Eike: a CCX, uma companhia de mineração de carvão dedicada a fornecer combustível para suas termelétricas.

Ah: a OGX precisava de um fornecedor de equipamentos de perfuração e de plataformas marítimas. Quem fabricaria tudo isso para Eike? Eike mesmo, ué. Então ele fundou a OSX, um estaleiro sob medida para alimentar as necessidades da OGX. E onde instalar a OSX? No porto da LLX. Porto que, de quebra, também pode estocar petróleo da OGX…

No papel, a ideia é irresistíel: uma companhia ajudando a outra, num círculo virtuoso sem fim. O mercado gostou. E cada uma dessas empresas teve seu IPO bilionário, o que levaria Eike aos seus US$ 34 bilhões e à sétima posição na lista da Forbes em 2012.

Só tem um problema: os mesmos elementos que moldam um círculo virtuoso também podem trazer um círculo vicioso. Foi o que aconteceu. A OGX saiu do papel produzindo só 25% do que a própria empresa esperava.  Nisso, a OSX enfraqueceu também: a petroleira de Eike tem encomendas no valor de US$ 800 milhões com o estaleiro de Eike; se a OGX vende pouco petróleo, pode não ter como pagar a OSX. Sem essas duas funcionando a contento, a viabilidade da LLX fica em dúvida, já que o estaleiro e a petroleira são clientes do porto. Se a LLX não deslancha, complica para a MPX, que vende energia para ela. E aí quem pode ficar sem cliente é a CCX…

Nisso, o mercado passou a ver a interconexão das empresas X mais como vício do que como virtude. E o valor de mercado delas despencou,  levando junto uma fatia da fortuna de Eike, já que o grosso de seu patrimônio são as ações que ele tem das próprias companhias. O preço somado de todas as ações da OGX, por exemplo, já foi de R$ 75 bilhões. Hoje é de R$ 10 bilhões. Aqui vai quanto cada uma caiu:

OGX (petróleo):  -86%
De R$ 75 bilhões (out 2010) para R$ 10 bilhões

OSX (estaleiro):  -77%
De R$ 9,4 bilhões (mar 2010) para R$ 2,1 bilhões

LLX (porto): -75%
De R$ 5,8 bilhões (abr 2011) para R$ 1,4 bilhão

MPX (energia): -28%
De R$ 8,5 bilhões (mai 2012) para R$ 6,1 bilhões

CCX (minas de carvão): -51%
De R$ 1,4 bilhões (mai 2012) para 680 milhões

Nada disso significa que o castelo de Eike era de areia. O mercado de ações é instável por natureza – as subidas que as empresas X experimentaram lá atrás foram até mais intensas que essas quedas de agora. E tem a crise global. Eike esboçou seu império antes da crise de 2008, quando o barril de petróleo estava a quase US$ 200 e o apetite da China por minério de ferro parecia infinito. De lá pra cá o preço do petróleo e o do minério caíram pela metade. Aí complica, já que esses são os dois grandes pilares da coisa toda. Com a falência da OGX, Eike sai do mercado para entrar na história, só que não do jeito que ele imaginava.
Fonte: superabril

Fórmula do amor - Temperos são afrodisíacos naturais, diz estudo

Você sempre teve dúvida sobre o que é e o que não é mito em relação a estimulantes sexuais? Pesquisadores da Universidade de Guelph, no Canadá, vieram para resolver o seu problema.
A equipe, liderada pelo professor Massimo Marcone, organizou uma revisão científica examinando centenas de estudos sobre afrodisíacos, a fim de investigar os que realmente aumentam o desejo sexual – psicológica e fisiologicamente.

Eles advertem: invista nos temperos. Adicione o ginseng e o açafrão à sua dieta e os problemas sexuais estarão resolvidos, pois ambos provaram ser aceleradores do desempenho na cama.
Vinho e chocolate – que sempre estiveram na boca do povo – também são benvindos. Porém, segundo o estudo, os efeitos são simplesmente psicológicos.

“Pode ser que algumas pessoas sintam os efeitos de alguns ingredientes do chocolate, principalmente feniletilamina, que pode afetar os níveis de serotonina e a endorfina no cérebro”, disse Marcone. 

Porém, o estudo não encontrou relações deste alimento com a excitação ou a satisfação sexual. Já o álcool aumenta o desejo, mas não está ligado ao desempenho sexual.

Outra dica dos especialistas é ficar longe do Spanish Fly– produto à venda no mercado bastante conhecido entre os casais que gostam de dar uma apimentada na relação – e afins. Segundo o estudo, além de eles produzirem o efeito oposto ao de um estimulante sexual, podem até ser tóxicos.

Também é importante tomar cuidado com as drogas sintéticas. Hoje em dia, muitas pessoas buscam este recurso para tratar, por exemplo, a disfunção erétil, usando medicamentos como o sildenafil e o tadalafil – comercializados com os nomes de Viagra e Cialis, respectivamente.
“Essas drogas podem produzir dor de cabeça, dor muscular e visão turva, e podem ter interações perigosas com outros medicamentos”, explica o mestrando John Melnyk, que contribuiu com a pesquisa.
Fonte: oceventos

16 março, 2015

Idéias criativas e funcionais - cadeira

Mais conforto para seu cão e nada de sujeira para voce limpar!


Dicas práticas - BOLOS


» Para que o bolo fique fofo, peneire os ingredientes secos antes de juntá-los à massa.
A farinha peneirada é mais leve do que a compacta que ficou parada na embalagem;

» Em vez de farinha, a forma pode ser untada com açúcar, cacau, chocolate em pó ou até canela, se combinar com o sabor da massa;

» Quando a receita pedir manteiga derretida pese-a primeiro e depois derreta;

» A clara em neve deve ficar firme e ser misturada devagar cortando debaixo para cima, pois é ela que dará volume ao bolo;

» Deixe o bolo na temperatura alta nos primeiros 5 minutos e depois baixe a temperatura do forno, para que o bolo cozinhe lentamente, de forma mais uniforme e com menos crosta;

» Só abra o forno depois de sentir o cheiro do bolo assando, para que não entre uma corrente de ar frio e o bolo baixe. 
Para saber se está pronto, apalpe o centro ou faça o teste do palito: fure e veja se sai limpo;

» Evite que o centro do bolo baixe: ponha-o para esfriar de cabeça para baixo sobre uma grade, para que o ar circule;

» Antes de rechear o bolo, retire a casca formada ao seu redor e umedeça a massa com uma calda (pode ser água e açúcar) ou ingredientes como cravo, canela, leite de coco e leite condensado;

» Se a ideia é deixá-lo mais firme, recheie-o dentro de um refratário forrado com filme plástico, para facilitar sua retirada;

» Para fazer as camadas do bolo, corte-as com uma faca grande de serra como as usadas para pão;


» Bata bem os ovos para fazer crescer os bolos que não levam fermento;

Fonte: oceventos

15 março, 2015

A vida imita a arte - Chinês sofre acidente aos 17 anos, fica incapaz de reter memórias diárias


Chen Hongzhi, um chinês de 25 anos, que mora em Hsinchu, Beipu, Taiwan, sofreu uma grave lesão na cabeça em um acidente de carro, quando tinha apenas 17 anos. Como consequência, ele acorda pensando que tem a idade do dia anterior à tragédia.
Chen usa um caderno para anotar tudo o que acontece depois que perdeu a capacidade de reter memórias recentes.
Normalmente Chen se esquece de tudo quando dorme, mas muitas vezes ele também não se lembra de coisas que aconteceram entre cinco a 10 minutos.
“Sempre que eu chego, pego rapidamente meu caderno e anoto as coisas importantes do dia – quem eu conheci o que eu fiz… todas as coisas que aconteceram comigo.”
Todos os dias, quando Chen acorda sua mãe, Wang Miao-Chiong, de 60 anos, precisa lembra-lo de que ele não é mais um adolescente de 17 anos e que oito anos se passaram.
Assim, ela entrega o caderno para que possa saber do que aconteceu. Porém, sua história se espalhou entre internautas na China, depois que foi comparada com a do personagem fictício interpretado por Nicole Kidman no filme “Antes de eu ir dormir.”
O caso também lembra o Filme “Como se fosse a primeira vez”, de George Wing, onde a personagem principal, Lucy, sofre de um problema semelhante aos de Chen.
Dada sua condição, Chen é incapaz de manter um emprego e recebe uma pequena quantia diária coletando garrafas de plástico depois de andar vários quilômetros.
Sua mãe se preocupa com o que será do filho quando ela se for, já que o pai dele faleceu há pouco tempo.


Fonte: gadoo

Os mais estranhos hambúrgueres que voce já viu

Estes são provavelmente os mais estranhos hambúrgueres que você já viu.

As receitas do Fat & Burger Furious incluem o 'Beerger' , com um pão de malte, cevada e lúpulo.



Ou então, você pode também degustar o hambúrguer Birthger, feito especialmente para representar um bolo de aniversário, misturando carne rara com coulis de vinho tinto e chocolate preto.



Há também o gorduroso Mutant Ninja Burger, que está adornada com pepperoni para torná-la exatamente como os heróis de quadrinhos.



Dê uma olhada no poderoso Crabzilla, que é composto de santola, manga, alface, tomate, camarão, limão, erva-doce e pimenta de maionese.


Eles são fruto da imaginação dos artistas residentes em Paris Thomas Weil e Quentin Weisbuch, que decidiram passar as suas pausas para o almoço a criar hambúrgueres cada vez mais bizarros.

O site da empresa Fat & Burger Furious diz que pretende "ampliar o escopo de possíveis hambúrgueres".

"Como estávamos entediados de alimentos aleatórios na hora do almoço, começamos a cozinhar juntos. Isso logo se tornou uma espécie de ritual. Improvisando e experimentando novas maneiras de cozinhar um hambúrguer na pausa muito curta do almoço", diz no site a dupla.

Um de seus hambúrgueres mais intrincados pode custar até € 50.

Há inúmeros outros projetos brilhantes - desde o hambúrguer que se parece com um boneco de neve com recheio de carne, ao Heart-Breaker Burger que é perfurado por arco de Cupido.




Confira abaixo, outros hambúrgueres loucos da dupla:


















Fonte: mirror
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...